sexta-feira, setembro 05, 2008

Solicitação de Reparo da VELOX - Muito Cuidado antes de pedir !!!

Pessoal, a questão que venho colocar aqui, hoje, é de utilidade pública e, na minha opinião, deveria ser levada em consideração por todos que estejam com algum problema na sua conexão de banda larga da Oi-Velox (ou só Velox).

Já há uns 3 (três) dias, minha conexão estava me deixando na mão. Justamente na hora que eu mais precisava, ou enquanto estava enviando ou recebendo dados importantes, a conexão caía e o Modem DSL ficava com a luz piscando, buscando sinal, mas nada de encontrar. Trabalho um bocado em casa, e a internet, como para todos que devem estar lendo este artigo, me é de extrema importância e virtualmente INDISPENSÁVEL.

Entrei em contato com o suporte, pelo 0800565658, e fui seguindo as opções até falar com o atendente. Explicava o que estava acontecendo, eles me mandavam desligar os cabos, tornar a ligar, desligar de novo, esperar 20 segundos, tornar a ligar, me perguntava se eu tenho ou não extensão na linha, se o modem estava no ponto principal da casa, ou não, me mandava desligar o cabo, e tudo novamente... E nada do modem encontrar o sinal.

Até que eles dizem o seguinte: "- Ó, vou resetar o sinal do seu modem, vê se a luzinha vai apagar. Apagou?" , "- Sim, apagou..." , "- Então agora aguarda pra ver se o sinal vai voltar.". E o sinal voltava. Eles encerravam o atendimento, geravam um número de protocolo e davam o atendimento por encerado.

O fato, é que logo depois, após alguns minutos, o problema torna a acontecer. Isso já vai uns três dias.

ENTÃO, hoje, com meu saco de Papai Noel cheio, entrei em contato com eles, e antes que me fizessem passar pela mesma dança de "VAMOS TROCAR OS CABINHOS" (ficou meio aboiolado essa linha, mas é assim mesmo...) solicitei que eles me mandassem um técnico para conferir a linha externa.

AGORA A PARTE QUE TODOS DEVEM TER CUIDADO: Eles dizem o seguinte: "- Senhor, vou estar abrindo (esse gerúndio me deixa muito louco de raiva) uma solicitação de reparo, mas devo lhe informar que se a operação for considerada improdutiva, será gerada uma cobrança que virá na sua próxima fatura da conta telefônica."

Agora vocês sabem o que é a tal "operação inconclusiva" ? Muito simples: Se eles mexerem no poste e virem que não tem nada (como nunca tem) e pedirem pra entrar na sua casa (porque eles vão pedir) e resolverem dizer que o problema é interno (à sua casa) eles podem te cobrar pela visita, o que por si só é um serviço de manutenção e, como tal, você já paga por isso na sua conta telefônica.

Com isso, você pode não ter problema nenhum em casa, eles consertam o defeito no poste, te dizem que não tinha nada, e você PAGA POR ISSO. Paga duas vezes, pela razão que citei no parágrafo anterior.

E o pior: o que mais me doeu foi entrar em contato com a ANATEL e descobrir que eles pordem SIM fazer isso, não porque está correto (porque não está. Todos que lêem isso sabem fazer continha de somar e já fizeram 2 + 2 e concluiram junto comigo que isso é abusivo), mas porque mesmo com "todas" as "novas" leis das telecomunicações, as empresas telefônicas (o novo termo é prestadora de serviços de telecomunicações...), que tem uma fome enorme de capital adiquirido abusivamente, e a ANATEL, que é a reguladora destes serviços, parecem estar de braços dados, juntinhas: uma, finge que protege o usuário criando leis e regras que ela mesma ajuda a burlar, enquanto a outra se ocupa de arrancar o couro do consumidor para sustentar seus bolsos e luxos de marketing, seus gastos de manutenção fictícios (inclusive, os roubos de cabos que são feitos por vândalos que querem o cobre dos filamentos internos do fio para vender nos ferros-velhos ilegais Brasil à fora, tudo isso quem paga somos nós - duas ou mais vezes) e mais algum "dinheirinho" que AtercNAeirosTEL possam levar para continuarem caminhando juntos.

E depois disso tudo, depois de resistir à chamar o técnico, depois de me estressar com uma atendente chamada CARLA, que se negou a dar seu sobreneome porque não é obrigada a fazê-lo, segundo ela, e teimou em defender a empresa que rouba à nós e à ela naquele salário magro de atendente de telemarketing em período de experiência, o Velox parece ter se consertado sozinho, e por isso estou conseguindo escrever e postar este texto.

Mas será que REALMENTE se consertou sozinho?

Muito cuidado.... A gente acha que tem DIREITOS, mas no fim nós só temos DEVERES e, com sorte, direito a ficar calado. Deste último, eu abro mão.